The Star Wars Holiday Special e sim, nem tudo são flores

0

Final de ano chegando trazendo com ele o Natal, tempo de confraternização, de reunir a família, parentes e amigos, época de especiais, entre eles especiais de Natal, especiais de Ação de Graças, especiais de TV, Holiday Special. Eu sei que vocês devem estar se perguntando, com toda essa emoção de Rogue One no momento além de inúmeros outros temas mais interessantes que poderiam ser abordados, esse cara vai desenterrar justamente o “especial” de TV The Star Wars Holiday Special? Sim, mas vou explicar: atualmente os filmes de Star Wars e seus spin-offs estão estreando no final do ano, algo que a Disney está fazendo com maestria, diga-se de passagem. Porém houve um especial de Ação de Graças/Natal, especificamente em novembro de 1978, um ano depois de Uma Nova Esperança, intitulado “The Star Wars Holiday Special” e sim, nem tudo são flores. O programa foi exibido uma única vez nas TV’s americanas e canadenses e suas lamentáveis duas horas de duração foram o suficiente para fazer George Lucas odiar o programa, por isso que nunca mais foi transmitido e muito provavelmente jamais o veremos a não ser pelo YouTube.

Se levarmos em consideração que tudo tem um lado Sombrio, ou seja, até uma banda de Rock, por exemplo, que possa ser uma das melhores do mundo já lançou um disco ruim na carreira. Holiday Special é o lado Sombrio de Star Wars, por isso não é canônico, muito menos Legends, não podemos nem chamá-lo de apócrifo e nem sequer de cult. Nunca vi nenhum fã por mais radical que seja que curtisse esse “especial”, talvez alguns até poderiam preferir um spin-off do Jar Jar Binks do que assistir a produção de Holiday Special, pode apostar nisso. Mas o que faz com que Holiday Special se torne tão ruim? A história mostra a comemoração do “Dia da Vida” (algo como o Dia de Ação de Graças dos Wookies) na casa da família de Chewbacca, inclusive é mostrado o filho Lumpy, o pai Itchy e Mallatobuck, esposa de Chewie, talvez possamos vê-los e quem sabe até presenciar uma relação mais familiar entre eles e os outros habitantes de Kashyyyk no filme spin-off de Han Solo com estreia prevista para 2018. No decorrer da história nossos heróis Luke Skywalker, Han Solo, princesa Leia e os droides C-3PO e R2-D2 participam de algumas aventuras para se livrarem de Stormtroopers que aparecem para estragar toda a festa, sobra então para nossos heróis salvá-los das mãos perversas dos soldados imperiais.

Participações de comediantes da época que não agradaram, números musicais pífios e quadros de humor medíocres fazem de Holiday Special uma das piores produções da história dentro de toda a saga Star Wars, mas para não dizer que não falei das flores, algo de bom que Lucas tirou dessa experiência frustrante foi um dos personagens mais queridos. Antes mesmo da Edição Especial (agora sim) da Trilogia Clássica em que introduziram o maior caçador de recompensas da galáxia, Boba Fett, ele era visto pela primeira vez em Holiday Special em um desenho animado dentro do programa. O fato é que The Star Wars Holiday Special é algo que George Lucas faz questão de esquecer e a Disney questão de não lembrar. Lembremos sim dos especiais em que um filme de Star Wars de ótima qualidade está sendo lançado a cada fim de ano. E que possamos comemorar o nosso “Dia da Vida” com os nossos queridos amigos e os antigos e novos personagens desta saga que em sua totalidade é mais do que especial.

Frase de Star Wars que não está em Star Wars:

“Eu não estive em Holiday Special.” Por Jar Jar Binks

Compartilhe

Sobre o autor

Marcelo Mesquita é membro do Conselho Jedi do Rio de Janeiro e apaixonado por Star Wars.

Deixe seu comentário