Uma das melhores Celebrations de todos os tempos

0

Regozijemos! Pois a Star Wars Celebration 2017 veio recheada de atrações que emocionaram todos os milhares de fãs que compareceram e os que acompanharam tudo pela internet. A maior convenção de Star Wars do mundo foi realizada em Orlando-EUA entre os dias 13 e 16 de abril e contou com diversos paineis, com destaque para a celebração dos 40 anos da saga, homenagem à Carrie Fisher, Os Últimos Jedi, Star Wars Rebels, Battlefront II e muito, muito mais. O evento mal começa e já dá seu primeiro chute na porta com a comemoração do 40º aniversário. Em um dos principais paineis da Celebration, nossa querida presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, deu as boas-vindas e frisou o impacto que a franquia teve entre os fãs e como esse amor incondicional se mantém vivo por 40 anos. O ator Warwick Davis, nosso eterno Ewok Wicket, foi o mestre de cerimônia e ao som de gritos ensandecidos do público, Davis chamava os convidados, entre eles tivemos a presença ilustre do criador George Lucas, além dos atores que deram vida aos personagens que amamos tanto: Hayden Christensen, Ian McDiarmid, Mark Hamill, Peter Mayhew, Anthony Daniels, Billy Dee Williams, Harrison Ford que, sentados juntos, se divertiram ao contar as lembranças inesquecíveis e emocionantes que tiveram durante as gravações das Trilogias Prequel e Clássica. Foram momentos realmente indescritíveis em um bate-papo descontraído no qual todos relembraram suas experiências como Anakin, Palpatine, Luke, Chewie, 3PO, Lando e Solo, até mesmo Davis agradeceu pelo Wicket que interpretou em O Retorno de Jedi. Acompanhamos fotos de bastidores na tela ao fundo remetendo a muita nostalgia, os atores Liam Neeson e Samuel L. Jackson não puderam comparecer, porém em vídeo também mostraram sua felicidade por fazerem parte da família Star Wars sendo Qui-Gon e Windu respectivamente.

Lógico que ver todos esses atores foi muito bom, no entanto a ausência de alguns como Carrie Fisher, por exemplo, é muito evidente e sentida. Será difícil comemorar os 40 anos de Star Wars sem uma de suas principais personagens que foi a Princesa Leia, porém as homenagens à Carrie foram tão emocionantes quanto qualquer painel que a Celebration apresentou. Billie Lourd, sua filha, fez uma bela homenagem ao acrescentar o valor que Carrie tem para a saga e toda a importância que a Princesa Leia representa para os fãs e para a cultura pop em geral. Em seguida foi mostrado um vídeo com imagens de Carrie como Leia nas gravações e nos bastidores, e em outras apresentações particulares. Mais lágrimas foram arrancadas ao ver John Williams conduzir a Orquestra Filarmônica de Orlando tocando ao vivo o tema da Princesa Leia. Descanse em paz Carrie, você será sempre a nossa Princesa. Não satisfeito e antes que pudéssemos secar as lágrimas do rosto, Mr. Williams ainda emendou o tema de abertura e o do Darth Vader, nessa hora os pelos do corpo já estavam mais do que arrepiados. Em um painel exclusivo Mark Hamill também prestou homenagens à Carrie Fisher. Ele relembrou de vários momentos engraçados e comoventes em que tiveram durante as filmagens e a vida de amizade juntos. Hamill também lembrou do pequeno Kenny Baker, o nosso R2, que infelizmente também nos deixou. No entanto, com todas essas emoções e homenagens, o painel mais aguardado era de Os Últimos Jedi, os atores John Boyega, Daisy Ridley, Mark Hamill, a presidente Kathleen Kennedy e o diretor Rian Johnson comentaram sobre o oitavo episódio. Sem muito spoiler e em um momento bem divertido o apresentador Josh Gad brincou ao perguntar à Daisy qual seria o sobrenome da Rey. Seria Skywalker? Kenobi? Uma coisa é certa, em Os Últimos Jedi saberemos mais da história da Rey. Ainda foram divulgados fotos de bastidores, locações, o pôster oficial e ele, o teaser-trailer que, diga-se de passagem foi sensacional e intrigante, ou seja, o que Luke quis dizer quando afirmou que havia chegado a hora dos Jedi acabarem? Não brinca assim não, Luke!

No painel de Rebels, Dave Filoni anunciou o fim da animação na 4ª temporada. Em Rogue One todos os principais personagens morreram, será que alguém vai sobreviver em Rebels? Não sei vocês, mas eu gostaria muito de ver o Thrawn aparecer em alguma outra mídia canônica de Star Wars. No painel de Battlefront II, a história do jogo será canônica e mostrará o lado do Império além de Luke e Kylo Ren serem jogáveis. O livro intitulado Inferno Squad contará com mais detalhes a história da comandante Iden Versio que irá caçar, com seu esquadrão, os remanescentes da Batalha de Scarif. E que trailer foi esse? Gelou até os ossos! Tivemos ainda muitos cosplayers incríveis, paineis fantásticos, projeções espetaculares, fãs alucinados, foi demais. Para encerrar, sempre termino meus textos com alguma frase fictícia, na maioria das vezes engraçada ou que faça referência com o texto respectivo, mas depois de presenciar toda essa celebração dos fãs aos 40 anos da saga, poder ver os atores das duas trilogias juntos, todas as informações legais, os tributos e homenagens à Carrie Fisher, às lágrimas e os arrepios aos trailers do filme, da animação e do game. Pena que ano que vem não teremos Celebration, mas em 2019 vamos ter e será tão épico quanto foi este. E tudo o que a Celebration pode proporcionar, como fã, deixarei uma das frases que mais me marcaram em todo o evento. Até a próxima e que a Força esteja com todos, sempre!

Frase de Star Wars que não está em Star Wars (mas esteve na Celebration):

“Enquanto nós vivermos, ela (Carrie Fisher/Princesa Leia) viverá.” Por Mark Hamill (Luke Skywalker)

Compartilhe

Sobre o autor

Marcelo Mesquita é membro do Conselho Jedi do Rio de Janeiro e apaixonado por Star Wars.

Deixe seu comentário